« Home | A família e o casamento » | O Gabinete de Política Legislativa e Planeamento é... » | Beneficiários da Acção Social » | Opinião - Sol, 28.10.06 » | Direito a cuidados de saúde no estrangeiro: Cartão... » | Perito versus testemunha » | DEBATE SOBRE A REFORMA PENAL » | Os outros » | Organização Judiciária » | DEBATE SOBRE A REFORMA PENAL »

Não há duas sem três: mais um postal sobre cartões

No Público de Domingo passado, escreve Francisco Teixeira da Mota:
«Cartão Único
Não será, talvez, motivo para tocar os sinos cívicos a rebate e não estaremos decerto perante nenhuma conspiração do Big Brother, mas a proposta governamental da criação do 'Cartão do Cidadão', que vai concentrar num único cartão dados respeitantes à nossa identificação civil, fiscal, de segurança social e de saúde, não é seguramente motivo para estarmos descansados e confiantes.
O recente parecer da Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) sobre esta matéria, elaborado a pedido da Assembleia da República, não pode ser ignorado ou tratado de uma forma ligeira. Comentários do género, 'Sim, sim, vamos mandar fazer uns estudos complementares; não há problema...', num tom 'encomenda-se aí um Estudo de Impacte Ambiental e o assunto está resolvido...', não são seguramente suficientes, até porque 'de boas intenções está o inferno cheio' e é muito fácil alargar os poderes (e os saberes) do Estado mas é muito difícil, depois, restringi-los».
Continue a ler "Cartão Único" no + Direito da Informática.
Sobre o tema, "
Erro nos pressupostos" no Causa Nossa.

ligado

Criar uma hiperligação