« Home | Jurisprudência » | O Conservador » | Luta contra a corrupção: ainda... a falta de meio... » | Trabalhos de fim de semestre » | O RELATÓRIO » | CORPORATISMO E POLIQUICES » | ALGUÉM ME EXPLICA UM POUCO DE POLÍTICA, POR FAVOR » | Um juiz no país das maravilhas » | Direitos das crianças » | G. W. Bush »

... há uns mais iguais do que outros

Por insistência de vários deputados do PPE/DE, o Parlamento Europeu retirou do texto do relatório da Comissão da Agricultura sobre a protecção e o bem-estar dos animais a referência a que a Comunidade Europeia devia "pôr fim ao combate de touros". Na votação em plenário, 412 deputados votaram contra a inclusão da palavra "touros" no relatório, 178 a favor e 15 abstiveram-se.
Manifestando a sua preocupação face ao sofrimento dos animais de combate, o relatório saído da Comissão da Agricultura instava a Comunidade Europeia "a pôr fim aos combates de cães, touros e galos através de legislação nacional ou comunitária, conforme for apropriado, e assegurando que as pessoas em causa não recebam qualquer subsídio estatal ou nacional relacionado com as suas actividades" (§ 71). A referência aos "touros" foi suprimida do texto do relatório na votação em plenário.

ligado

Criar uma hiperligação