« Home | Pergunta de quem de SCUT nada percebe » | Vice-Procurador-Geral da República rejeitado pelo ... » | Tough interrogation » | ... há uns mais iguais do que outros » | Jurisprudência » | O Conservador » | Luta contra a corrupção: ainda... a falta de meio... » | Trabalhos de fim de semestre » | O RELATÓRIO » | CORPORATISMO E POLIQUICES »

Arms Trade Treaty

No final deste mês, a Assembleia Geral das Nações Unidas votará uma resolução destinada a iniciar os trabalhos de um tratado sobre o comércio internacional de armas (Arms Trade Treaty).
Para além da própria celebração do tratado, está a em discussão a inclusão ou não no seu texto de uma referência ao respeito pelos direitos humanos, como um dos fundamentos e critérios de elaboração/interpretação do seu clausulado.
Um grupo de mais oitenta Estados (de um total de 192) apoia a resolução. Alguns Estados ainda não manifestaram a sua posição.
Com dois ou três "cliques", pode ajudar a lembrar a oito destes países a necessidade de apoiar o Arms Trade Treaty e a inclusão no seu texto de referências expressas ao respeito pelos direitos humanos.

ligado

Criar uma hiperligação