« Home | DARFUR » | O HOMEM CERTO NO LUGAR CERTO » | O Juiz-Conselheiro Fernando José Pinto Monteiro é ... » | Mudam-se os templates » | ...mudam-se os procedimentos? » | MUDAM-SE OS TEMPOS, MUDAM-SE AS VONTADES... » | Achas? ou Para a fogueira!? » | Quem te avisa... » | Sinistralidade rodoviária e o protocolo de Quioto » | Uma adivinha »

UM DESAFIO



Bem, enquanto por aqui se discutia o novo visual (do “Dizpositivo”, discussão que me parece longe ainda de ter conseguido gerar a melhor solução), eu lá fui “sentar-me à mesa” com o pacto da Justiça. Para dizer a verdade, não cheguei bem a sentar-me à mesa, já que o banquete foi servido entre os convidados especiais.

Seja como for, quero saudar a iniciativa da SEDES, em colaboração com a OA, nestes dias em que de cada vez mais se revelam indispensáveis os espaços de exercício da cidadania enquanto floresce o deserto dos debates esclarecedores naquela que devia ser a casa-mãe da democracia: O Parlamento. Debates esclarecedores animados por arguentes esclarecidos, francos e leais, sobre as matérias de maior interesse para o futuro de todos nós. Realmente não se tem dado por eles.

Mas ontem houve algum debate. Leituras divergentes da actualidade. Ideias não coincidentes sobre o pacto. Lá estiveram a ser discutidas, entre os mais optimistas e os mais descrentes. Não me proponho aqui reproduzir o que ouvi ou foi dito. Talvez fique para outra ocasião. Neste momento, o que me traz aqui é antes tudo aquilo que não chegou a ser dito, porque o tempo não foi suficiente, ou porque ainda há quem se iniba de expressar a sua opinião, apesar de ter algo de válido para dizer. Ou ainda porque, pura e simplesmente já não se acredita que valha a pena…

Pertenço ao grupo dos mais cépticos no que respeita à reforma da justiça em curso. Fiquei francamente mal impressionada com a forma como o pacto foi alcançado, e já mesmo antes da sua assinatura me manifestara publicamente contra a modéstia do projecto apresentado para a reforma do processo penal. Apesar ainda de ter muita dificuldade em lidar com a súbita mudança de opinião, _ o voltar atrás na palavra antes afirmada com aparente convicção deixa-me sempre muito desconfiada relativamente à boa fé do seu autor _ acredito que da discussão pode nascer a luz e portanto acredito que outras opiniões diferentes da minha me poderão ajudar a ver melhor e evoluir de forma racional e, acima de tudo, explicável, para novas fronteiras do pensamento.

Daí que aqui traga um desafio:

Está em curso a preparação de um grande debate sobre a reforma penal, a realizar já no próximo dia 27 de Outubro, pelas 17 h.

Trata-se de uma iniciativa que visa simultaneamente lançar uma nova revista a editar pela ASJP. O debate será moderado por juízes tendo como convidados:
o presidente da Unidade de Missão da Reforma Penal, Sr. Dr. Rui Pereira,
o juiz-conselheiro, Dr. Laborinho Lúcio, e
o advogado, o Sr. Dr. José António Barreiros
Estamos a diligenciar para que a discussão possa ser acompanhada, pelaInternet, por um universo mais alargado de ouvintes ligados ao mundo da Justiça, os quais poderão também colocar as suas questões durante o próprio debate e, desta forma, participar activamente no mesmo. Para o efeito apenas precisam de dispor de um computador com equipamento de áudio e acesso à Internet e, claro, fazer a prévia inscrição que consiste simplesmente no envio do respectivo “e-mail” e identificação pessoal e profissional (nome, morada profissional, e n.º de inscrição na ASJP, no SMMP ou na OA, no caso dos juízes, procuradores ou advogados; os docentes ou estudantes universitários deverão indicar a respectiva faculdade).

Uma vez que a concretização daquele projecto de acompanhamento do debate pela Internet depende do número de pessoas interessadas em participar por esta via no referido debate, convidamos todos os interessados a fazer a sua inscrição, o que poderá ser feito por simples contacto estabelecido para o endereço electrónico da ASJP de onde conste o envio dos referidos elementos (identificação profissional completa e endereço electrónico escolhido para participar no evento)

O endereço electrónico da ASJP é: correio@asjp.pt
A data limite para a inscrição é: 30 de Setembro

Claro que eu estou interessada.
Vamos a isso!

ONDE é o debate? Ou estava distraída?

Enviar um comentário

ligado

Criar uma hiperligação