« Home | O Juiz-Conselheiro Fernando José Pinto Monteiro é ... » | Mudam-se os templates » | ...mudam-se os procedimentos? » | MUDAM-SE OS TEMPOS, MUDAM-SE AS VONTADES... » | Achas? ou Para a fogueira!? » | Quem te avisa... » | Sinistralidade rodoviária e o protocolo de Quioto » | Uma adivinha » | À MESA COM O "PACTO" » | Blasfémias »

O HOMEM CERTO NO LUGAR CERTO

Tem um sabor agridoce a notícia da anunciada nomeação do Conselheiro Pinto Monteiro como Procurador-Geral da República.
O país e a Procuradoria terão encontrado "o homem certo para o lugar certo" - e, nesta medida, a mais importante, porventura, a notícia é boa.
Mas a magistratura judicial perde uma das suas vozes mais incómodas - incómoda para a "corporação" - , tantas vezes bandeira da consciência crítica da judicatura. Era - já não o será mais, forçosamente - a voz do homem certo no lugar certo.
Ensinava Aristóteles que a natureza tem horror ao vácuo. Assim o espero.

ligado

Criar uma hiperligação