« Home | Isto de falar de luto no dia do casamento... » | DEMOCRACIA, QUE DEMOCRACIA? » | Até um dia destes » | O Pacto » | E CIA Declaração Universal dos Direitos do Homem, ... » | O refugo » | Juízes acusam Governo de querer politizar a Justiç... » | Quem precisa de quotas? » | Prelúdio de um requiem » | O processo sumaríssimo no Anteprojecto »

Cartelização da democracia

Ouço e leio por aí que a ideia do pacto da justiça é do Bastonário Miguel Júdice.
E porquê? Deve ser por ser "pacto" e por ser "da justiça".
Pelo menos no que respeita à participação na obtenção de consensos, qualquer semelhança entre este e o "pacto de regime" proposto pelo Bastonário Miguel Júdice é pura coincidência.
O pacto do Bastonário Miguel Júdice era tributário de esclarecidas ideias de democracia representativa - nenhuma força partidária estava excluída - e participativa - sendo ouvidos e, eventualmente, recebidos os contributos dos profissionais forenses.
Em vez disso, aos restantes partidos políticos e a todos os cidadão interessados - e, mesmo, aos deputados dos dois partidos contratantes... - é oferecido, na perspectiva mais generosa, um "contrato de adesão" tributário de uma inefável ideia de "cartelização da democracia".

Ironia: para se acabar com o segredo de justiça no processo penal, adopta-se o segredo sepulcral no "processo democrático".

ligado

Criar uma hiperligação