« Home | Novo regime de férias judiciais prejudica os cidad... » | "Home Alone" » | O bumerangue das férias judiciais » | Bush viola a separação de poderes » | O inimigo » | HOMENAGEM A UM JUIZ » | Presidente do Supremo Tribunal de Justiça » | PROTESTO! » | Colocá-los nos seus lugares » | A mesma imagem tantas vezes repetida... »

A metafísica do dinheirinho. Pois então !


Desde há muito que coloco os psicólogos e os sociólogos em geral ao nível dos bruxos, adivinhos, feiticeiros e outros que tais. Na verdade a leitura das «Imposturas Intelectuais», de Alan Sokal e Jean Bricmont (Gradiva, 1999), completadas pelos seus congéneres nacionais «O Discurso Pós-Moderno Contra Ciência» e a «Crítica da Razão Ausente», ambos de António Manuel Baptista (Gradiva, 2001 e 2004, respectivamente) fizeram-me, definitivamente, perder a paciência com os pseudo-cientistas e outros praticantes daquelas «ciências» ordálicas.
Podendo parecer que se vai tratar de mais uma alfinetada no expoente máximo dessa confraria na Lusitânia (e que merecida seria), esclareça-se desde já que este texto apenas pretende dar nota de uma certa admiração face à publicação na imprensa do anúncio à margem.
Então não é que esta espécie de bruxo pós-modernaço, que está «semanalmente no programa "Sixteen" na SIC Mulher», resolveu anunciar um «WORKSHOP» sobre o sintomático mas não menos enigmático tema d´«A Metafísica do Dinheiro», auto-intitulando-se «Astrólogo / Psicólogo» ! Ora, cá está: o menino é bruxo e dá consultas.
Quem melhor se quiser documentar pode ver o curriculum disponibilizado no sítio da internet que se alude no anúncio. Aí se constata que o rapaz até é «finalista da licenciatura em Psicologia (vertente clínica) na Universidade do Algarve».
Palavras para quê: é um artista português a prestar um serviço … ao público

ligado

Criar uma hiperligação