« Home | Limite máximo da pena de prisão » | Segurança dos juízes » | Suplemento de Verão - Secção Social - Comentário a... » | Reforma do Processo Penal » | Old Bailey » | A metafísica do dinheirinho. Pois então ! » | Novo regime de férias judiciais prejudica os cidad... » | "Home Alone" » | O bumerangue das férias judiciais » | Bush viola a separação de poderes »

E.U.A.: Escutas telefónicas por ordem presidencial declaradas ilegais



A juiz federal Anna Diggs Taylor decidiu hoje, em Detroit, que a prática de escutas telefónicas ordenadas pela administração de Bush, sem autorização judicial, "é ilegal e inconstitucional", determinando, ainda, que as mesmas cessem de imediato.

Trata-se de uma decisão inédita.

A administração norte-americana já anunciou que vai recorrer da decisão.

O recurso suspende os efeitos da decisão.

Para maior desenvolvimento, sugere-se a leitura da notícia no
New York Times.


Fonte da notícia/imagem : New York Times/New York Times (via Detroit Free Press, via Associated Press)

In Blog de Informação



Mais um nome a figurar na lista do "eixo do mal"...

Nelson Lourenço
www.atuleirus.weblog.com.pt

Talvez...mas que os terroristas vão gostar do que se passa, ai isso é que vão. Quem deve não teme: há anos e anos que as comunicações são escutadas sem burocracias, porém não se admite em público. A Administração americana só quis realizá-las processualmente: erro. O melhor teria sido a realização de escutas através da rede NSA/Mossad e todo o paleio era furado.

Existem cabeças pensantes nis USA...
Cumps

A deputado; a médico; a advogado? Não nos parece que a senhora tenha vergonha de ser mulher. Não nos parece que a senhora tenha vergonha de ser Juíza. Cfr., entre outros, "Pequeno Dicionário da Língua Portuguesa" de Cândido de Figueiredo, Bertrand Editora, 20º Ed., p. 822, "Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea", Academia das Ciências de Lisboa, Verbo, p. 2196, "Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa", Instituto António Houaiss, Editora Objetiva, 1ª Ed., p. 1690.

..."que a prática de escutas telefónicas ordenadas pela administração de Bush, sem autorização judicial, "é ilegal e inconstitucional", ...
Nem mais.
Está tudo dito.
E fica o recado para quem o quiser perceber.

Enviar um comentário

ligado

Criar uma hiperligação