« Home | A viagem... » | “E puor si muove” » | Condução sem habilitação legal – instigação ou aut... » | Calar ou Não Calar / falar ou Não Falar » | Reforma do modelo de organização da segurança inte... » | Tribunal da Boa Hora: Falha na gravação obriga a r... » | Diz o que faz quem viu » | ...ser preso por não ter » | FORMAÇÃO E/OU "SELECÇÃO" - HOLANDA » | «COMPLEX» SED LEX »

Comentários no Dizpositivo

Temos vindo a constatar que os comentários totalmente anónimos colocados no Dizpositivo mais não são, normalmente, do que um conjunto de opiniões desgarradas, órfãs de argumentos que as fundamentem, não trazendo às discussões em curso mais do que uma animação fátua e inconsequente.
Se, excepcionalmente, podemos encontrar alguns comentários anónimos válidos, também é verdade que outros há que nem de "opiniões" sobre os temas propostos se podem apelidar, mas apenas de agressões gratuitas aos autores dos artigos ou a terceiros.
Esta realidade tem-se revelado castradora da discussão que nos propúnhamos levar a cabo, constituindo um poderoso desincentivo à colocação de novos artigos. Com efeito, mesmo perante os comentários inócuos, e porque o "silêncio" na blogosfera tem um valor muito equívoco - tal como o encerramento casuístico da caixa - , os autores dos artigos sentem-se sempre na obrigação de "agradecer a visita", estando atentos aos comentários e respondendo-lhes, apesar do tempo, roubado a outra actividades e emprestado ao Dizpositivo, ser um bem muito escasso.
Tentando assegurar um sistema que, por um lado, permita o comentário livre, com relativa reserva sobre a identidade do seu autor, e que, por outros, dificulte a "opinião" totalmente anónima e inconsequente, a partir de hoje o Dizpositivo apenas permitirá os comentários de bloggers registados.
Aqueles que até agora se expressavam anonimamente continuam a ter (quase) toda a Internet ao seu dispor para o fazerem, podendo também comentar os artigos do Dizpositivo, se tiverem a maçada de se identificarem, comentando como bloggers registados.

Só posso dizer: FINALMENTE!

Enviar um comentário

ligado

Criar uma hiperligação